Apuama
Potencial energético de colmos de bambu para uso industrial e doméstico na região sul do Brasil

Potencial energético do bambu para uso industrial e doméstico

O bambu é uma matéria-prima disponível e renovável, distribuindo-se em grande parte do território brasileiro. O bambu se presta a uma infinidade de aplicações, dentre as quais pode se destacar sua aptidão para fins energéticos. Neste trabalho avaliaram-se as propriedades energéticas do Bambusa vulgaris tanto na forma de colmos como após a produção de carvão.

Artigo

Potencial energético de colmos de bambu para uso industrial e doméstico na região sul do Brasil

Autores

Ailton Leonel Balduino Junior, Thalles Yurgen Balduino, Gustavo Friederichs, Alexsandro Bayestorff da Cunha, Martha Andreia Brand

Resumo

Este trabalho teve como objetivo determinar a qualidade energética de colmos de Bambusa vulgaris para queima direta (in natura) e na forma de carvão vegetal. Foram analisados cinco indivíduos (colmos) de Bambusa vulgaris com 3 anos de idade, coletados na cidade de Florianópolis, Santa Catarina. Nos colmos in natura foram determinados o teor de umidade recém coletado (39%); massa específica básica (0,624gcm-3); a composição química (teor de extrativos totais (16,26%) e teor de lignina (25,76%)); a composição química imediata(teor de voláteis
(82,25%); teor de carbono fixo (15,26%) e cinzas (2,49%)) e poder calorífico superior (4571kcalkg-1). No carvão vegetal, produzido em laboratório, foram determinados o rendimento gravimétrico (36,40%); a densidade aparente (0,372gcm-3); teor de voláteis (27,55%); teor de carbono fixo (67,32%); cinzas (5,12%) e poder calorífico superior (7431kcalkg-1). A espécie Bambusa vulgaris tem potencial para utilização na geração de energia tanto na forma in natura, como cavacos para a queima em caldeiras,como na forma de carvão vegetal para uso doméstico, podendo ser utilizada para ampliar a base de biomassa para geração de energia e até substituir as espécies madeireiras do gênero Pinus e Eucalyptus utilizadas para este fim na região sul do Brasil.

Abstract

This study aimed to determine the energetic quality of the Bambusa vulgaris culms for combustion (in natura) and as a charcoal. Five individuals (culms) of B. vulgaris of 3 years of age were analyzed, gathered in the city of Florianópolis, Santa Catarina. In the in natura culms it was determined the moisture content freshly gathered (39%); basic density (0.624gcm-3); the chemical composition (total extractive content (16.26%) and lignin content (25.76%)); the proximate chemical composition (volatiles content (82.25%); fixed carbon content (15.26%) and ash (2.49%)) and gross calorific value (4571kcalkg-1). In the charcoal, produced in the laboratory, the determined properties were the gravimetric yield (36.40%);the apparent density (0.372gcm-3); volatiles content (27.55%); fixed carbon content (67.32%); ash (5.12%) and gross calorific value (7431kcalkg-1). The B. vulgaris species has potential for use in the energy generation either in natura, as chips for burning in boilers or in the charcoal form for domestic use, it can be used to broaden the base of biomass for energy generation and to replace the timber species of Pinus and Eucalyptus gender used for this purpose in the Southern region of Brazil.

Download

Antonio

Licenciado em Matemática (USP-1974), Engenheiro Agrícola (UNICAMP, 1980), Docteur en Sciences du Bois (ENSTIB, Nancy, France, 1994) - o autor possui enorme admiração pela "Dádiva dos Deuses" - o Bambu. Co-autor do livro "Bambu de Corpo e Alma", agora em segunda edição, e administrador do site www.apuama.org, projeto pessoal desenvolvido desde 2009.

Envie comentário

Most popular

Most discussed